Após tapa de Will Smith, Academia do Oscar diz não tolerar violência

Organização diz ser contra qualquer forma de agressão

Vítor Heringer Publicado por Vítor Heringer
Após tapa de Will Smith, Academia do Oscar diz não tolerar violência

O Oscar 2022 ocorrido na noite do último domingo (27) ficou marcado pelo inesperado tapa do Will Smith em Chris Rock, após o comediante fazer uma piada com o visual de Jada Pinkett Smith, esposa de Will.

Horas depois do acontecimento, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas emitiu um breve comunicado no Twitter dizendo não tolerar qualquer forma de violência. Confira:

“A Academia não tolera violência de qualquer forma. Hoje à noite temos o prazer de celebrar nossos vencedores do 94º Oscar, que merecem este momento de reconhecimento de seus colegas e amantes do cinema em todo o mundo.”

O ocorrido abriu uma enorme discussão entre fãs e profissionais de Hollywood. O jornal The New York Times até cita que Will, vencedor do Oscar de Melhor Ator por King Richard, pode devolver sua honraria com base nas diretrizes da premiação.

Em seu discurso, o ator pediu desculpas à Academia e disse que “fazemos loucuras por amor”, fazendo um paralelo entre a própria vida e o personagem que interpretou no longa, o treinador Richard Williams, pai da atleta Serena Williams.

Vale lembrar que Jada apareceu na cerimônia com novo visual sem o cabelo, causado por alopecia, uma condição de saúde que provoca a queda dos fios.

O prêmio de Melhor Filme do Oscar 2022 ficou com No Ritmo do Coração, sendo o primeiro filme distribuído por um streaming (AppleTV+) a ganhar a categoria principal.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1