Anime de Super Crooks na Netflix vai expandir a HQ original, diz Mark Millar

Autor disse que quadrinho teria material suficiente para apenas três episódios

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Anime de Super Crooks na Netflix vai expandir a HQ original, diz Mark Millar

No último sábado a Netflix revelou os primeiros detalhes de Super Crooks, anime que vai adaptar a HQ de Mark Millar. Para celebrar as novidades, o escritor também divulgou novidades sobre a animação.

Em sua newsletter, o escritor comemorou o lançamento do trailer e do pôster de Super Crooks e explicou aos leitores que o anime vai expandir a trama do quadrinho original. Isso porque, em suas palavras, o material do gibi caberia em três capítulos:

“Depois que o Millarworld foi vendido para a Netflix, [Super Crooks] foi escolhido por nosso departamento de animação. Mas a história em si tinha apenas quatro edições, material suficiente para talvez três episódios do da série. Então o pessoal me pediu para criar mais 10 capítulos para esse monstro e, juro por Deus, foi pura alegria.”

Millar foi além e explicou quais serão essas mudanças, que vão desde uma origem para o protagonista até personagens inéditos criados em parceria com Leinil Yu, o artista original da HQ:

“Não só significou criar outro grupo de personagens com Leinil novamente, que é um amor e um gênio, mas também tive que dar corpo a Johnny Bolt: uma origem, um elenco mais amplo e ir fundo com um monte de coisas que nunca tiveram espaço nos quadrinhos.”

Produzido pelo estúdio BONES (My Hero Academia), Super Crooks vai contar a história de um grupo de criminosos super poderosos que se reúnem para executar um último roubo. Com 13 episódios de 30 minutos, o anime tem direção de Motonobu Hori (Beck; Carole & Tuesday).

Vale lembrar que após o fracasso de O Legado de Júpiter em público e crítica, a Netflix também encomendou um live-action de Super Crooks, que não tem data de estreia definida. Já o anime estreia em estreia marcada para 25 de novembro.

Mais notícias