Alguém inventou um celular que é um telefone de disco e custa no mínimo US$ 140

E você ainda precisa montá-lo

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Alguém inventou um celular que é um telefone de disco e custa no mínimo US$ 140

A cientista Justine Haupt criou um celular que, ao invés de ter tela de toque ou teclas, tem um disco tal qual os telefones de mesa do passado.

A princípio, Haupt criou o modelo para uso pessoal como uma crítica ao mundo hiperconectado “e que desse uma desculpa para não enviar mensagens”. O projeto está inteiramente documentado, incluindo um passo a passo, no site da cientista, e você pode conferir clicando aqui (em inglês).

As luzes indicam o número discado

Entre as vantagens, ela aponta que basta apertar um botão para ligar para os números frequentes armazenados — o disco serve para discar novos números ou ajustar o volume. Além disso, a bateria do celular e o sinal são mostrados em alta resolução e com clareza. É possível encaixar uma antena direcional para melhorar o sinal, e, mesmo com tudo isso, o aparelho ainda cabe no bolso.

Sem distrações, e ainda cabe no bolso! | Foto: Sky’s Edge

O sucesso do projeto fez com que Haupt colocasse algumas das partes a venda em seu site — mas os interessados ainda precisariam providenciar itens como o disco, display, entre outras peças, além de montar o celular. A placa principal do celular custa U$S 90, e o exterior e botões custam entre US$ 50 e US$ 80, caso o comprador queira as peças já refiladas e encaixadas.

Os Un-Smartphones da cientista terão uma nova versão compatível com a tecnologia 4G e algumas melhoras em relação ao primeiro modelo, como um modo silencioso, espaço para cartão SD, entre outras funções. O segundo modelo virá em um kit mais completo, e está previsto para setembro de 2020. Confira mais informações no site oficial (aqui).