Adolescente processa Apple, alegando que reconhecimento facial causou prisão injusta

Ele pede indenização de US$ 1 bilhão

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Adolescente processa Apple, alegando que reconhecimento facial causou prisão injusta

Um adolescente nova-iorquino de 18 anos está processando a Apple, alegando que o sistema de reconhecimento facial presente nos aparelhos da empresa causou sua prisão injusta. A informação é do Engadget.

O jovem, que não foi identificado, foi preso recentemente, acusado de participar de uma série de roubos em lojas da Maçã. Ele diz teve seu documento de identidade roubado recentemente, que continha boa parte de seus dados pessoais. O documento não continha uma foto. Ele alega que a Apple associou seus dados com o rosto do verdadeiro criminoso, usando o sistema de reconhecimento facial. A empresa nega.

O adolescente está pedindo uma indenização de US$ 1 bilhão. O processo está tramitando e não se sabe qual será o resultado final.