Activision Blizzard solta comunicado sobre acusações de assédio após nova investigação

A empresa explicou que está cooperando com a investigação e implementando medidas

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Activision Blizzard solta comunicado sobre acusações de assédio após nova investigação

Após uma nova investigação contra a Activision Blizzard, a empresa soltou um novo comunicado nesta terça-feira (21) sobre o caso das acusações de discriminação e assédio sexual, que teve início em julho.

A declaração, feita pelo CEO Bobby Kotick, explica que a empresa está cooperando com a investigação da agência governamental e continuará tomando as medidas necessárias para tornar o ambiente de trabalho mais seguro e igualitário.

Segundo Kotick, o objetivo é “tornar [e empresa] em um dos melhores e mais inclusivos lugares para trabalhar em qualquer lugar”.

“Não há lugar em nossa empresa para discriminação, assédio ou tratamento desigual de qualquer tipo. Enquanto continuamos a cooperar com os reguladores para resolver problemas passados do ambiente de trabalho, também continuamos a avançar com nossas próprias iniciativas para garantir que [a empresa] seja o melhor lugar para trabalhar. Continuamos comprometidos a resolver todos os problemas de maneira direta e imediata.”

Além disso, o CEO também reforçou que a empresa continua aplicando medidas e mudanças, que incluem demissões, contratações, criação de novas equipes, expansão de treinamentos e reajustes no departamento de recursos humanos, que terá uma nova diretora, Julie Hodges, vinda da Walt Disney Company.

As informações são da VG247.

O processo contra a Activision Blizzard teve início em julho, mas está se estendendo por meses, passando por uma nova ação judicial.

Mais notícias