Elenco de A Killer Paradox fala de dilemas e ação de nova série coreana

Produção com astro de Parasita (2019) já está em streaming na Netflix

Pedro Siqueira Publicado por Pedro Siqueira
Elenco de A Killer Paradox fala de dilemas e ação de nova série coreana (Netflix/Divulgação)

Um jovem reprimido, e aparentemente certinho, vê a vida virar de ponta cabeça ao acidentalmente matar uma pessoa. Se a culpa e a perseguição policial já seriam o suficiente para levar alguém à loucura, uma virada deixa a situação ainda mais complicada: a vítima em questão é um perigoso serial killer. Este é o dilema moral que rege A Killer Paradox.

Nova série coreana da Netflix, já disponível no streaming, a trama traz um elenco estelar, encabeçado por Choi Woo-Shik (Invasão Zumbi, Parasita), e promete testar os limites do “certo e errado”, além, claro, de fornecer boas doses de suspense e ação.

A convite do streaming vermelho, o NerdBunker participou de mesa redonda com os três astros principais da série, incluindo Woo-Shik, que falou sobre encarar um papel que, ao mesmo tempo, o permite ser mocinho e vilão:

“Você pode vê-lo, a princípio, como um cara normal, e os eventos acidentais que ocorrem moldam o tipo de pessoa que ele se transforma. Pra mim, isso é interessante não só porque temos um drama criminal muito legal, mas também exploramos outros gêneros. Além, claro, da química entre todo o elenco. Isso é muito importante.”

No papel de Lee Tang, Choi Woo-Shik é perseguido implacavelmente pelo detetive Jang Nam-Gan, vivido por Son Suk-Ku. Mesmo com o misterioso sumiço das provas que ligam Lee Tang ao crime, o homem da lei vai ao encalço do assassino, num eletrizante jogo de gato e rato.

A trama ganha toques levemente surreais quando Lee Tang decide seguir na vida de justiceiro e carrasco, de alguma forma, sempre “acidentalmente” encontrando outros criminosos para ceifar a vida. A mistura de gêneros é citada por Son Suk-Ku como um dos atrativos da série até para quem não é fã de tramas policiais:

“A série é pensada de modo que cada personagem traga um gênero à tela. Temos uma história de detetive, um toque noir e ainda elementos de fantasia. Com essa mistura, acredito que conseguimos trazer uma abordagem nova para uma história de crime.”

Além de tudo, A Killer Paradox é mais uma peça na gigantesca onda de produções coreanas que vêm conquistando plateias mundiais ao longo dos últimos anos. De romances a tramas de ação e suspense, a versatilidade da indústria cultural do país tem sido um dos principais motores de fenômenos como Round 6 (2021) e os demais k-dramas.

Woo-Shik e Suk-Ku em A Killer Paradox. Crédito: Netflix/Divulgação

Choi Woo-Shik conclui opinando sobre a força do audiovisual do país, e como isso influenciou A Killer Paradox:

“Nossas produções, desde filmes até os k-dramas, são muito focadas na força dos personagens, as relações entre eles. Há conexões muito poderosas, dinâmicas muito interessantes… Procuramos colocar tudo isso em A Killer Paradox.”

Todos os episódios de A Killer Paradox estão em streaming na Netflix. Siga de olho no NerdBunker para mais novidades e conteúdo da série. Aproveite e conheça todas as redes sociais da gente, entre em nosso grupo do Telegram e mais – acesse e confira.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1