A cruel simplicidade de Kingdom vai acabar com a sua produtividade

Nos últimos anos, uma grande linha de jogos AAA vêm impressionando os jogadores de formas absurdas. E logo ali, em paralelo, estão uma série de jogos mais simples ou independentes que conseguem o mesmo efeito, de formas completamente diferentes. Jogos como Minecraft, Terraria, FTL, Rogue Legacy e Paper’s Please estão ainda frescos na mente de […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
A cruel simplicidade de Kingdom vai acabar com a sua produtividade

ads_kingdom

Nos últimos anos, uma grande linha de jogos AAA vêm impressionando os jogadores de formas absurdas. E logo ali, em paralelo, estão uma série de jogos mais simples ou independentes que conseguem o mesmo efeito, de formas completamente diferentes.

Jogos como Minecraft, Terraria, FTL, Rogue Legacy e Paper’s Please estão ainda frescos na mente de muita gente por sua simplicidade que gera uma jogabilidade interessante e complicada. O mesmo acontece com Kingdom.

Desenvolvido pela holandesa Noio, ele é bem simples: você é um rei, no seu cavalo, e sua única habilidade é literalmente jogar dinheiro (não o seu dinheiro real, mas aquele coletado com impostos dos seus peões e da caça de coelhos). Com esse dinheiro, você ordena a construção do seu castelo, de muralhas, contrata peões, cria arcos e foices para eles caçarem, construírem e cultivarem comida.

Mas eis que chega a noite, e os temíveis noodlers nos introduzem à crueldade do jogo. Os zumbis/trolls/homenzinhos verdes querem apenas uma coisa: o seu dinheiro. No começo, eles virão aos poucos, facilmente repelíveis pelos seus arqueiros. Mais tarde, eles virão em maior número, subirão na cabeça um do outro e ficarão resistentes a cada noite que passa. Se um deles te alcançar, roubará a sua coroa e é game over. Será possível tentar novamente, no mesmo dia, mas com o castelo do zero.

Clique aqui para jogar na página oficial. Através deste link você pode jogar numa tela maior, ou baixar o arquivo para o seu computador.

Até que noite você aguentou?

Via Rock Paper Shotgun


Stephan Martins
Stephan Martins quer saber como diabos passar da noite sete!

.

Siga o Jovem Nerd no Twitter, Facebook, YouTube e Instagram, senão o Azaghal desce a machadada!!