22 múmias são transferidas de museu em cerimônia grandiosa

Evento digno de reis e rainhas

Marina Val Publicado por Marina Val

Neste final de semana, múmias egípcias de 18 reis e quatro rainhas foram transportadas do Museu Egípcio do Cairo, onde ficaram por mais de um século, para o novo Museu Nacional da Civilização Egípcia, a cerca de 5km do local anterior.

A cerimônia de transferência não teve nada de discreto, trazendo luzes, orquestra, carros ornamentados, súditos, oferendas e um esquema reforçado de segurança, tudo digno da realeza.

A ordem do desfile aconteceu em ordem cronológica do reinado, começando por Sekenenré Taa, do século 16 a.C., até Ramsés IX, que reinou no século 11 a.C.. O mais famoso deles talvez seja Ramsés II, que ficou conhecido por assinar acordo de Kadesh em 1259 a.C., considerado o primeiro tratado de paz da história.

Por conta de serem múmias com milhares de anos e considerados tesouros nacionais no Egito, a transferência não teve apenas pompa, mas também muito cuidado para não danificar nenhuma delas.

Cada um dos monarcas foi colocado em um carro personalizado com seu nome dentro de caixas especiais, cheias de nitrogênio, para proteger de condições externas. Os veículos tinham um amortecimento especial e, além disso, as ruas ao longo da rota foram repavimentadas para que a jornada fosse a mais suave possível.

A cerimônia completa, com cerca de duas horas, pode ser assistida no vídeo abaixo: