Camila Sousa

Camila Sousa

Venha tomar um Chá com a Cakes e falar um pouco sobre tudo que envolve cultura pop (ou não)

Coluna

Os comentários e opiniões contidos neste textos são responsabilidade do autor.

Ter um celular que não te deixa na mão faz toda a diferença em 2022

Testei o realme GT 2 Pro durante algumas semanas e modelo não deixou a desejar

Ter um celular que não te deixa na mão faz toda a diferença em 2022

É um pouco espantoso perceber o quanto nossa vida está ligada aos celulares. Aplicativos de banco, estudo, comunicação com família e amigos, trabalho, lazer: todas essas áreas passam em algum momento pelos smartphones, por isso faz a diferença ter um aparelho que não te deixa na mão.

Após anos com o modelo Samsung Galaxy A7, tive a oportunidade de testar o realme GT 2 Pro – e fiquei positivamente surpresa. O modelo, anunciado como o flagship premium da fabricante, cumpriu todas as funções que precisei e ainda se mostrou um celular gostoso de utilizar no dia a dia.

Embalagem e apresentação

realme GT 2 Pro embalagem

Uma das primeiras coisas que me surpreendeu foi a embalagem. O realme GT 2 Pro é acompanhado por uma caixa firme e com detalhes em relevo. Abrir a embalagem para tirar o aparelho pela primeira vez foi, por si só, uma experiência gratificante. Deu para perceber nos detalhes que a fabricante teve cuidado ao preparar o pacote, incluindo detalhes como uma capa protetora e película já aplicada na tela.

Testei o modelo na cor Paper Green, cuja parte traseira é feita em biopolímero. Isso confere um visual que remete ao papel e torna o smartphone gostoso de segurar. Com acabamento fosco, não há a impressão de que o aparelho pode escorregar a qualquer momento.

O tamanho e o peso do GT 2 Pro também ajudam nessa percepção. Com 199 gramas, o aparelho se encaixou perfeitamente na minha mão, sem ficar pequeno ou grande demais.

Tela inicial e navegação

realme GT 2 Pro

Após anos com um celular da linha intermediária, fiquei surpresa com a qualidade da tela do realme GT 2 Pro. O modelo tem a resolução de 3216 × 1440p em 2K e taxa de atualização de 1 a 120Hz, com tecnologia LTPO 2.0. Essas características tornam todas as imagens bonitas e nítidas – às vezes até demais, como no dia em que tirei uma foto e minhas olheiras ficaram muito aparentes.

Outro detalhe interessante da navegação são as pequenas vibrações que o aparelho faz quando o usuário digita um texto ou acessa certas funções. É algo que pode ser desabilitado, é claro, mas senti que isso tornou a navegação e o uso mais agradáveis.

Também ajuda o fato do aparelho ser atualizado com o Android 12 (Snow Cone), versão mais atual do sistema operacional, o que oferece fluidez na passagem entre um aplicativo e outro.

Câmera

Não dá para negar que um dos maiores trunfos do aparelho é o conjunto de câmeras. O GT 2 Pro conta com três câmeras traseiras: a principal de 50 MP, a ultra grande-angular de 50 MP e a macro de 2 MP. Já a parte frontal tem uma câmera de 32 MP.

Utilizei o aparelho durante a cobertura da Star Wars Celebration, e o resultado das fotos e vídeos se aproxima do profissional. Mesmo em ambientes escuros e com movimentação, a câmera estabiliza a gravação e realça os pontos iluminados, compensando a questão de luz.

Com ampliação de até 40x, o GT 2 Pro também tem um zoom potente, que faz o possível para não perder qualidade. Com o recurso, por exemplo, foi possível ver o droide Chopper no palco do evento ao lado de Rosario Dawson.

Outra boa oportunidade de testar as câmeras do smartphone foi durante a visita ao Star Wars: Galaxy’s Edge, área temática da franquia no Disney California Adventure. Por lá, registrei em detalhes a atração Rise of the Resistance. Esse foi um dos momentos em que a qualidade das câmeras do GT 2 Pro se sobressaiu.

Embora outros players do mercado tenham boa qualidade, o maior destaque aqui é o conjunto de câmeras, que atende a demandas específicas. Precisa que a foto capture mais do cenário? É só escolher ultra grande-angular. Precisa que algo específico seja mostrado? Basta trocar a câmera com um toque. Tudo isso facilitou a captura de imagens durante a cobertura do evento e prova que o smartphone é uma boa escolha para quem tem a câmera como uma de suas prioridades.

Duração da bateria

realme GT 2 Pro

Esse foi o segundo ponto que me conquistou no realme GT 2 Pro. Quando comprei o aparelho Samsung A7 em 2017, ele tinha uma boa bateria. Porém, com o passar dos anos (especialmente a partir de 2019), as cargas começaram a durar cada vez menos e, em certos momentos, cheguei a ter imprevistos. Por conta disso, nunca saio de casa sem um carregador portátil, mesmo em passeios curtos, e quase sempre me sinto insegura de usar o aparelho por muito tempo.

O GT 2 Pro tem uma bateria de 5000mAh de potência e isso foi determinante para me deixar confiante com o aparelho. Mesmo nos dias em que fiquei horas captando imagens e vídeos, ele não zerou a bateria. O aviso de que a carga está baixa acontece muito antes do aparelho realmente precisar ser desligado, o que dá tempo para que o usuário encontre uma tomada ou conecte um power bank – no entanto, não precisei fazer nenhuma das duas coisas.

Também chama a atenção o carregamento rápido do modelo. Com uma porta USB tipo C e adaptador de carregamento de 10V/6.5A, o GT 2 Pro completa a carga em aproximadamente 30 minutos. Esse carregamento rápido também é útil para quem chegar a ficar sem bateria pelo caminho. Basta alguns minutos para que o celular tenha a carga mínima necessária para iniciar as funções.

Considerações finais sobre o realme GT 2 Pro

reame GT 2 Pro

Após anos com um modelo intermediário da Samsung, foi uma pequena revolução utilizar o GT 2 Pro. A tela inicial é linda em comparação com meu celular anterior, mas senti a vista consideravelmente menos cansada após algumas horas de uso.

Todo o funcionamento do aparelho também foi surpreendente. O GT 2 Pro não teve nenhum problema ao ter vários aplicativos pesados abertos ao mesmo tempo. O smartphone não ficou lento em nenhum momento, algo útil no meio da cobertura de um evento internacional.

O sistema de quatro câmeras (três traseiras e uma frontal) também superou as expectativas. Se antes eu tinha alguns problemas de foco e resolução com o A7 2017, o GT 2 Pro se mostrou muito intuitivo, fazendo correções de luz automaticamente quando necessário e sugerindo o uso de funções – o que ajuda muito quem gosta de lindas fotos, mas não entende muito da parte técnica.

A duração da bateria também foi uma surpresa positiva, porque me deu uma sensação de segurança que não sentia há muito tempo com meu aparelho. Se hoje grande parte da nossa vida passa por um smartphone, faz diferença ter um modelo que sustenta várias horas de uso sem travar ou desligar inesperadamente.

Todas essas características fazem do realme GT 2 Pro um ótimo aparelho para quem busca bom desempenho, ótimas fotos e um aparelho leve e gostoso de utilizar no dia a dia, que dificilmente vai te deixar na mão.

Ficha técnica realme GT 2 Pro

  • Tamanho da tela: 6,7 polegadas
  • Resolução: 2K (3216 × 1440p)
  • Câmeras: principal (50 MP), ultra grande-angular (50 MP), macro (2 MP) e frontal (32 MP)
  • Sistema: Android 12
  • Processador: Snapdragon™ 8 Gen 1
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento: 256 GB (sem expansão)
  • Telefone: Dual nano SIM
  • Peso: 199 gramas
  • Valor: R$ 5.999,00

Acessórios padrão da embalagem

  • 1 aparelho celular
  • 1 carregador plug de tomada
  • 1 cabo de dados USB-C
  • 1 guia de segurança
  • 1 guia rápido
  • 1 pino de ejeção SIM card
  • 1 capa protetora
div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1