Luke é o futuro de Street Fighter V

O personagem inédito na franquia foi revelado ao lado de Oro e Akira, previamente anunciados

Jeff Kayo Publicado por Jeff Kayo
Luke é o futuro de Street Fighter V

Na noite da última terça-feira (3), a Capcom apresentou seus próximos planos para o que promete ser a última temporada de Street Fighter V: Champion Edition. Dentre as principais novidades tivemos a revelação da data de lançamento dos dois próximos personagens a ingressarem no elenco de lutadores disponíveis do jogo, Oro e Akira.

A quinta temporada do jogo prometeu cinco novos personagens: Dan Hibiki e Rose, da série Alpha, Oro, de Street Fighter III, e Akira, de Rival Schools, uma das franquias mais queridas da empresa, mas há 20 anos sem novidades.

O último personagem revelado pela empresa foi Luke, novato e, segundo o próprio diretor do game, será o responsável pelo futuro da franquia.

Oro e Akira

Ambos os personagens já haviam sido revelados em situações passadas. Oriundo de Street Fighter III, Oro é um personagem diferente, que escondia um dos braços para lutar e, nos mangás da série, se torna mestre de Ryu. De certa forma ele era o representante brasileiro do jogo, já que vivia na Amazônia para se isolar de tudo e todos.

Em SFV ele luta com ambos os braços e carrega uma tartaruga à tira colo. Seus golpes lembram os originais, mas com atualizações bem vindas. E para finalizar, seus V-Trigger e V-Skill fazem alusão aos Supers que ele podia utilizar no passado, inclusive um deles garante acesso a um agarrão de comando.

Akira, originária da franquia Rival Schools, pode ser uma desconhecida para muitos, já que a série deixou de ser explorada pela Capcom desde o lançamento de Project Justice. Ela chega como uma surpresa no game, praticamente como uma personagem convidada da série irmã — que também já teve Sakura (SF Alpha) no elenco do game.

Praticante da arte marcial chamada Bajiquan, os golpes da boneca são limpos e fluidos. Numa das suas ativações de V-Trigger, ela chama o “nii-san” Daigo Kazama para ajudá-la a vencer seus adversários — muito parecido com o que R. Mika faz na sua ativação, colocando Nadeshiko em ação. Ela ainda tem sua própria variação de air combo, assim como em Rival Schools, e na trilha sonora a saudosa Atsuki Kodou, a música de abertura do game no PSX.

Ambos os personagens serão lançados no dia 16 de agosto, restando apenas um para encerrar a temporada.

O futuro de Street Fighter nas mãos de Luke

A revelação que chocou a todos na noite de terça-feira foi a apresentação de um personagem inédito como o último DLC do game. Até aí, nenhuma novidade, já que SFV revelou ao mundo lutadores como Zeku, Menat, Necalli, Rashid e tantos outros. O que seria mais um inédito, não?

Mas o anúncio acertou em cheio a comunidade, gerando opiniões divididas. O mistério do quinto personagem foi guardado a sete chaves pela Capcom. Ninguém sequer conseguia imaginar quem assumiria o posto de “último boneco de SFV”. Rumores tirados sabe-se lá de onde causaram agitação na cena, sugerindo que algum personagem da SNK assumiria o posto — o meme foi levado tão a sério que se tornou “real”, gerando um certo desapontamento coletivo.

Era uma escolha muito difícil para Capcom, afinal, os devs precisavam decidir, dentre todo o panteão de lutadores já consagrados de Street Fighter, quem assumiria a missão de agradar a todos e concluir um ciclo de cinco anos com chave de ouro.

Da última vez, Decapre foi responsável por encerrar os trabalhos com USFIV. Uma personagem derivada do cânone do game, que já tinha aparecido em histórias do universo relacionado do jogo e que fazia parte do grupo de Dolls de M. Bison, um esquadrão de guardas de elite do vilão.

Futuro incerto

A frase emblemática de Takayuki Nakayama, diretor de SFV, deu o tom da revelação: “O nome do personagem é Luke, e ele tem o papel de expandir o mundo de Street Fighter V. Enquanto Street Fighter V prestava homenagem ao passado, Luke nos dá um vislumbre do futuro.”

Encerrar SFV com um personagem inédito não parecia ser uma decisão sábia. A segunda temporada do game, com exceção de Akuma, foi composta exclusivamente de novos lutadores. Hoje todos são bem aceitos na comunidade, mas na época, todo mundo só queria saber do Sagat (que viria no ano seguinte).

Por outro lado, um personagem original era a escolha mais assertiva da empresa. Impossível escolher apenas um, dos inúmeros lutadores que não passaram no corte de SFV. Gouken? Talvez. Abel? Mas e o resto dos “newcomers” do IV? Fei Long? Fez falta. Makoto? Só no sonho. Decapre? Socorro.

A jogada de mestre da empresa não estava na criação de um lutador inédito — relativamente simples no seu design –, mas sim no seu contexto. Pela primeira vez na história da franquia, a Capcom apostou numa ação de marketing sem custo extra para empresa, entregando um vislumbre do que pode ser um personagem do próximo game da franquia. Talvez sim, talvez não, já que a fala de Nakayama foi propositalmente aberta para interpretações nesse sentido.

Situação parecida podia ser gerada através de um personagem convidado de outra franquia. Mas obviamente geraria uma comoção relacionada a um futuro crossover entre as empresas, o que poderia não acontecer. Pelo menos com Luke, sabemos com certeza absoluta que um novo jogo relacionado a franquia vem aí.

O visual do lutador aponta para um universo mais focado nos combates. Possivelmente lutador de MMA, o personagem é bem livre nos movimentos, com golpes que remetem principalmente ao boxe, mas com alguns chutes e joelhadas no pacote. Sua fala de introdução dá a entender que ele idolatra alguém (Ryu, talvez?) e a sua animação lembra muito o que foi feito com o Dan, principalmente no que diz respeito aos seus ataques fortes e antiaéreos.

A parte boa disso tudo é que Luke será lançado agora em novembro. A parte ruim é que, com certeza absoluta, não teremos novidades desse futuro do universo de Street Fighter pelo menos até o final da Capcom Pro Tour deste ano, já que nenhuma empresa colocaria os planos vigentes em risco em prol de um futuro lançamento, né?

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1