Bioware anuncia DLC GRATUITO com final estendido de Mass Effect 3!

Thursday, 5 de April de 2012, por Stephan Martins

ATENÇÃO! POSSÍVEIS SPOILERS DO FINAL DE MASS EFFECT 3 ABAIXO!

Mass Effect 3, lançado no dia 6 de março no mundo e dia 15 de março no Brasil, trouxe uma experiência completamente incrível, especialmente para aqueles jogadores que acompanham o Comandante Shepard desde o primeiro Mass Effect. Suas escolhas, desde pequenas ou grandes, influenciavam grandes acontecimentos e outras escolhas no terceiro jogo, dando uma sensação absurda de responsabilidade por suas decisões.

Mas mesmo com momentos tocantes, desesperadores e emocionantes em Tuchanka, Rannoch ou Thessia, o final do jogo chegou. E em 10 minutos, o tom do jogo não só pareceu mudar muito, como também demonstrou uma série de incongruências e incoerências não só com o roteiro do jogo, mas também com o próprio universo de Mass Effect.

A reação dos fãs foi imediata, e incrivelmente gigante. Nunca antes uma peça de entretenimento tocou tantos fãs a ponto de tanta gente sentir falta de um final mais respeitoso, ou simplesmente melhor. Abaixo-assinados surgiram, campanhas para a caridade também, e a Bioware, a cada momento, afirmava que estava sim, ouvindo todo e qualquer feedback.

Muitos vídeos começaram a apontar a Indocrination Theory, mostrando que o final de Mass Effect 3 não era exatamente um final que teria acontecido, mas sim teria se passado na mente de Shepard, e por isso estaria inacabado. A resposta da Bioware continuou a mesma: “estamos ouvindo todo feedback possível”.

Algo parecia estar estranho na reação da desenvolvedora. Muitos achavam que o “verdadeiro final” seria lançado através de um DLC pago, o que obviamente causaria uma fúria inacreditável dos fãs (com razão).

Mas agora, no site oficial da Electronic Arts, foi anunciado oficialmente Mass Effect 3: Extended Cut, um DLC que trará o final estendido (ou melhor, completo) do jogo, esclarecendo para todos o que aconteceu no Catalyst. O importante, no entanto, é que ele será GRATUITO!

O release não aponta nenhum conteúdo jogável (ou seja, provavelmente será realmente um final mais estendido mesmo) ou data (apensa aponta para o “verão de 2012″, durante o inverno aqui no Brasil), mas traz uma declaração de Ray Muzyka, co-fundador da Bioware:

“Estamos todos incrivelmente orgulhosos de Mass Effect 3 e do trabalho feito por Casey Hudson e a equipe. Desde o lançamento, nós tivemos tempo para ouvir todo o feedback de nossos fãs mais passionais, e nós estamos respondendo. Com Mass Effect: Extended Cut, nós achamos que conseguimos alcançar um equilíbrio entre dar as respostas que os fãs querem, enquanto mantendo a visão artística para o fim desse arco da história no universo de Mass Effect.”

ME3: EC estará disponível provavelmente ainda em abril na Xbox Live, PSN e também para PC, gratuitamente. Enquanto esperamos, confira os melhores vídeos sobre o final de Mass Effect 3:

Via News.EA


Stephan Martins
Stephan Martins está agradecendo a todos os deuses disponíveis. Até os semi-deuses e poderes menores também. PORQUE ELE MERECE UM FINAL MELHOR!

.

  • Eriky Martinez

    Finalmente!

    ME3 seria o melhor jogo de RPG de todos os tempos se o final não fosse ruim.

  • Rdm

    Valeu Stephan por mencionar os spoilers, entrei bem tranquilo na noticia e desisti de ler por causa disso. Salvo minha futura jogatina hahaha

  • Gabriel

    OLOOOOOCO MEU

  • Berstarke

    Boa notícia. O grande problema do final, sem spoilers, era que ele criava uma quantidade muito grande de plot holes.

  • ThePrion

    É difícil achar alguma coisa da BioWare nesse situação, ainda mais agora que não vão cobrar pelo DLC. Não há motivo palpável pra que eles estivessem planejando isso de propósito, a não ser que eles realmente quisessem marcar a história dos videogames como o enredo mais surpreendente e elaborado já contado em um game (isso se a Indoctrination Theory for verdade, e não elaborada depois que os fãs a compilaram, mas já planejada antes). Mas essa faca corta dos dois lados, porque quem (surpreendentemente)não se importou com o final agora odeia a BioWare por estendê-lo, e acompanhando a discussão que já rola há umas três semanas na internet lá fora, estes não são poucos.
    Como já mostraram em muitos desses vídeos, essa teoria da indoutrinação é realmente muito plausível, e mesmo que se ignore todas as pistas mais sutis, só o fato daquela “fumaça” negra te envolver durante toda a cena final na Citadel já denuncia algo de diferente ali. Acho que essa é a grande sacada da BioWare (mais provável que seja da mercenária da EA), de nomear o DLC de “Versão Estendida”, como se eles estivessem sendo os mocinhos e dando aos fãs o que eles querem, como se não tivessem planejado tudo com antecedência. A fumaça negra que já estava lá antes é uma prova disso.
    Agora o argumento dos conformados de que isso é uma violação à integridade artistica (argumento esse que o Muzyka até utilizou nesse pronunciamento pra se manter na defensiva) é pura besteira. Estamos há anos discutindo se videogames são arte ou não, e numa situação dessas que se defende à unhas e dentes que Mass Effect não deveria ser tocado é um absurdo. Se tudo foi realmente planejado, que arte é essa que é picotada e vendida em partes (como o caso do DLC From Ashes, que sem dúvidas já estava no release e é quase indispensável à estória)?
    Filmes e séries mudam constantemente antes de serem lançadas em audiências mostradas à um público restrito, autores já mudaram seus livros segundo o que leitores queriam ler, e videogames ainda são bem diferentes de tudo isso, mesmo não sendo considerados arte, por serem antes disso pedaços sem vida de códigos que precisam do jogador (o próprio fã, nesse caso) pra se tornarem uma estória. Sem falar que ME é diferente de todos os outros videogames. Eu poderia entrar em detalhes de como o final não acompanhou o nível de toda a trilogia, e como em 10 minutos eles arrebentaram com conceitos-chave e até mesmo com a própria física da série, mas seria cansativo e a maioria dos fãs já sabe desses pormenores.
    A ilustre EA, recentemente nomeada a “pior corporação da América (U$A)” pela Forbes, não possui artistas independentes, que estariam criativamente ameaçados, mas possui verdadeiras fábricas, que antes de criar arte criam produtos pra serem vendidos. São tudo negócios. E nesse ramo, o freguês está sempre certo.

  • Glaucia

    Pronto. Agora eu posso voltar a dormir em paz. ahuahuahuha Eu espero que a Indocrination Theory se sustente, já que é a única saída que eu posso ver que vai fazer aquele final de merd@ parecer foda e ainda fazer todo mundo lembrar disso por anos…

  • Gustavo Nobre Wotikoski

    A única coisa que me frustou extremamente no final de ME3 foi não revelar melhor o que aconteceu com os personagens sobreviventes do grupo, tão importantes e memoráveis quanto o Shepard. (A não ser que seja história para um próximo jogo).

  • Otelo Santos

    Cara, que bom. Meu coração agradece e já pode ficar em paz… =]

  • Marco

    Uma grande derrota para quem defende que os jogos sejam aceitos como arte.

    Vamos jogar fora a ideia de autoria de uma obra e transformar jogos em apenas um produto.

  • Dalphakans

    Metade do final do jogo é bem visível durante o gameplay…(Pelo menos eu notei)
    Sim eu considerei a indocrinação deste o 2…
    Notei algumas das “falhas” apontadas acima nos vídeos….
    Notei também que eles limitaram MUITO a quantidade de personagens jogáveis e tiraram o meu char favorito da jogada por um motivo falho e descabido… (Grunt… meu favorito)
    Esse Mass Effect foi o que teve MENOS plot twist dos 3 jogos…
    No final tudo uma balela e me senti chantageado a escolher 1 deles. E pelo que ví outros jogadores escolheram melhor que eu (Eu cedi a chantagem… o clima de “continuar a lutar” é quebrado quando você se encontra naquela situação por tanto tempo)
    A estratégia em termos de guerrilha do final foi realmente triste.

    Ps. Por sinal se colocar num ponto cego para o inimigonesse no jogo pouco ou nada ajuda PRINCIPALMENTE no final…

    Quando vejo essas coisas acontecerem me lembro MUITO MUITO de Evangelium(anime) apresentação e desenvolvimentos bons e FINAL…. annnn SEM NEXO.

    Eu aceitei o final…. E interpretei ele…. Apertar ESC e sair do jogo com um sentimento de impotência…. E com um “universo salvo” para outras futuras franquias de jogos da BIOWARE

  • VEins

    Achei essa historia td um grande mimimi. O jogo é maravilhoso assim como toda a saga.

    No mais, já que agora terá o dlc, vou esperar e ficar mais contente do que ja estava.

  • Gus Ferreira

    ainda não joguei ME3 e não sei do final, por isso nem leio comentários pra não tomar um hadouken de spoiler na cara… mas acho mto ridículo isso tudo, uma produtora cedendo ao mimimi generalizado. se os caras fizeram merda, paciência, vai jogar Red Dead Redemption ou qqr outro jogo foda e aceite q o mundo não é exatamente do jeito q vc gostaria. ninguém tem direitos sobre a história do jogo ou rumo q pode ser tomado pelos autores, além dos próprios autores. imagina se mudassem o final de obras fodas q existem por aí, seja livro, filme ou sei lá mais o q, apenas pra agradar aos fãs. simplesmente ridículo, além de ser um insulto à liberdade criativa.

    acho q algumas pessoas não ouviram “NÃO” o suficiente na vida pra aprenderem q certas coisas vc tem q engolir. OU FAZER MELHOR! vide Dan Houser…

    PS.: vou fazer uma petição à Nintendo exigindo q o Mario dê pelo menos um beijinho na princesa no final de Mario World…

  • Mathesu Bueno

    Mesmo se Indocrination Theory nao fosse o que eles, da Bioware, estavam pensando. Com certeza eles viram o video e com certeza eles vao fazer o maximo pra deixar o final ficar parecido com a tal teoria.

  • Léo

    Isso parece interessante, mas talvez gere outra revolta poque entendi que eles falaram que vão explicar o final, e não mudar o final, vai saber, bom fiz a minha parte desde o primeiro!
    Monte de gente reclama do DLC do lançamento dizendo que tras um personagem essencial, mas quem jogou sabe que ele não sabe nada e não explica nada…
    Um mês pra liberar o personagem soldado Turian no MP e ainda não tive tempo pra jogar com ele!
    Tomara que a teoria da doutrinação esteja correta!

  • Juliano

    Aham.. boa sorte explicar melhor aquilo. se a explicação não for “Indocrination Theory”, o que provavelmente não é, por teríamos que continuar jogando e aparentemente será só cut scenes.. então preparem-se para mais mimimi.

  • Leo

    @Legion
    Sim o Javik tem diversos diálogos e coisas que os outros personagens de DLC não tinham mas tudo que o Javik fala é descoberto no jogo normal de outras formas, a VI Prothean explica a maioria das coisas que ele fala!

  • Andrews

    Fico feliz com o anúncio… embora eu ainda tenha esperanças de que esse final estendido tenha algum conteúdo jogável.
    Senti o mesmo que o @Legion quando finalizei o jogo: achei legal, mas depois de alguns minutos minha mente chegou à conclusão que o final tinha sido…. bem, não consegui definir até ler um comentário num dos posts aqui do JNNews, dizendo que o final foi simplesmente um final covarde!!!!!
    Sinceramente espero que a teoria da endocrinação seja levada em consideração, pois fez muito sentido….

    Quanto ao Javik, achei bem legal ver como os Protheans eram um bando de nazis…..kkkkkkkkkkk

  • berseker

    “Com Mass Effect: Extended Cut, nós achamos que conseguimos alcançar um equilíbrio entre dar as respostas que os fãs querem, enquanto mantendo a visão artística para o fim desse arco da história no universo de Mass Effect.” acho que quem esperava um final feliz agora,vai ficar um pouco chateado de novo

  • LeoNERD

    Tem um faq no forum da bioware dizendo que NÃO farão nenhum final novo. Apenas farão um epílogo para explicar o que aconteceu. Em outras palavras:
    - Shepard dies
    - Mass Relays are destroyed
    - Normandy crashes

    Apenas com desculpas idiotas para isso.

  • Douglas

    PQP, ou seja, vão manter a mesma coisa, e nem pra colocar um chefe. o shepard ainda vai ter que escolher aquelas opçoes horriveis

  • blindmetal

    Uow, realmente havia percebido muitas coisas estranhas no final de me3; a historia toda da citadel, anderson, garoto/reaper god/deux ex machin nao me deixou muito a vontade, mas assim como Sheppard, acho que eu ja havia sofrido a “indoctrination” e não me importei muito kkkkk.

    Se essa teoria for realmente verdade, entao o jogo é ainda melhor do que ja imaginava, mas nao desculpa a bioware de seu final mediocre.

  • Arael
  • Uriel

    Acabei de zerar Mass Effect 3 e tenho o seguinte a dizer, o final não é tão ruim quanto dizem, eu gostei, achei que foi justo.

    Mas vou dizer o seguinte, Mass effect como um todo e principalmente o final do Mass Effect 3 fez o que muitas obras de ficção cientifica nunca conseguiram que foi fazerem as pessoas discutirem elas, abstraiam do fator “final ruim” olhem quanta discussão esse jogo gerou? quantas teorias, pessoas vendo e revendo para tentar entender o que aconteceu, tentando colocar algum sentido naquilo.

    Fazer as pessoas pensarem e discutirem, no final das contas, não é isso que uma OBRA de ficção cientifica almeja?

  • Bravin

    O final ficou esquisito, eu acho sim q o shepard deveria morrer e se tornar uma lenda ao salvar o universo mas eu criei bastante laços com os demais personagens e nos não sabemos nada sobre eles, a única coisa q temos certeza é q Tali nunca mais voltará para Rannoch por causa dos relays q explodiram, mas faltou mta coisa, eu acho q todo mundo queria saber o aconteceu com os companheiros como eles desenvolveram com Mordin e Thane.

  • Thiago(Akhe)

    Ainda estou com pé atrás com este DLC.

  • Diego

    O que vejo aqui é um desrespeito aos autores do jogo… Vejo pessoas querendo o óbvio.. Um mero produto que atenda a velha forma de pensar desde os tempos de burguesia: o mocinho tem que viver no final, se relacionar com a donzela e viverem felizes para sempre. Se uma pessoa quer uma história assim, tá na hora de começar a assistir novela. Falta de mente aberta, de pensar, de criar a sua própria história, o seu próprio final, o que seria de Dom Casmurro se soubéssemos se Capitu traiu ou não? O que seria de Inception se soubéssemos que o pião ao final parou de rodar ou não?

    CARA! Isso é arte! Quanto mimimi! Aplaudo muito as pessoas que pensaram na Indocrination Theory, muito boa…
    Agora… Se a bioware pensou nisso ou não… Eu não sei, mas deu espaço para nós pensarmos! E quem não quer pensar e quer tudo explicadinho, meus pêsames… Pois esse tipo de pessoa não tem criatividade e vai sofrer muito na vida por isso.