Russos encontram mamute congelado que sangra!

Friday, 31 de May de 2013, por Stephan Martins

Ciencia310501

O achado de um mamute congelado não é lá grande novidade esses dias. Mas e que tal um mamute congelado, que sangra, e cujo tecido pode ser possivelmente clonado?

Cientistas russos (chefiados por Semyon Grigoryev) encontraram a carcaça bem preservada de um mamute fêmea (a primeira vez que um exemplar fêmea é encontrado) numa ilha remota no Oceano Ártico. O animal, que deve ter vivido por 60 anos e que está congelado por 10 a 15 mil anos pode ser a chave na pesquisa de clonagem de animais extintos. O motivo? Sangue e tecido muscular bem preservado!

“Quando quebramos o gelo abaixo do estômago dela, o sangue fluiu de lá, muito escuro. Este é o maior caso da minha vida inteira. Como é possível que o sangue permaneça no estágio líquido? E os músculos também estão vermelhos, a cor de carne fresca.” disse 

Grigoryev explica que a parte inferior da carcaça estava bem preservada por ter ficado numa poça d’água que se congelou mais tarde. A parte superior (incluindo costas e a cabeça) devem ter sido consumidas por predadores. Com isso, ele acredita ser possível finalmente clonar o animal.

Ciencia310502

Ciencia310503

Nos próximos meses, especialistas em mamutes da Coréia do Sul, Rússia e EUA vão estudar a carcaça em um local secreto (para evitar que seja roubada).

SCIENCE, BITCH!

Via Topless Robot e Phys.org


Stephan Martins
Stephan Martins quer ver isso ir pra frente.

.

Publicado em Ciência |